9 de junho de 2008

Pensando alto

Um mail triste, uma ligação antes do almoço de sábado, e aparentemente foi adeus. Foram estas as palavras que dissemos. Parece tão definitivo, e talvez seja. Mas algo me diz que um dia vamos nos arrepender seriamente. E mesmo que eu não saiba de você e nem você de mim, a vontade abortada deixará resquícios infinitos de saudade. Nos dois. E o mais triste disso tudo é que a gente se gosta, mas somos egoístas demais para dar valor a isso.

9 comentários:

roberta disse...

oi amiga, as vezes o fim não é op fim!
minha hiotoria
rsrs
beijos

Sujeito Oculto disse...

Gostar não basta.

Moni disse...

em qquer situação não importa, o egoísmo fala mais alto, infelizmente!

dZ disse...

assim, se vai se arrepender, pq fazer?

se a decisão tomada é outra, entenda ela e corra atraz.

mesmo o fim deve ser intendido, senão deixa marcas do que não foi...

Alexandre Gil disse...

infelizmente nao e facil! Entrega a alguem maior e segue adiante!
"nao importa ao grau de alegria ou dificuldade, o que importa e prosseguir decididamente" isso e biblico

bjo

Ana Luisa disse...

Oi!!
Gosto de vir aqui, pq vc descreve situações com as quais me identifico por já tê-las vivido. Portanto, corra agora enquanto pode. Deixe o egoísmo e faça a sua parte, pois depois que não puder consertar verá a chance que deixou passar...o pior castigo acredito ser o pensamento: "poderia ter sido diferente e eu nem tentei".

Mil beijinhos "perdidinha".

Di disse...

Espero que esteja sentindo-se melhor agora.

Mesmo gostando, às vezes, é necessário dizer adeus.

Não se apegue a tristeza, viu? Deixa ir embora.

Di disse...

Sobre seu comment: ser novo todo dia exige muiiita criatividade.

Beijinhos, flor.

ocasodoacaso disse...

calou profundo!

Adorei esse lugar!

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails