30 de maio de 2008

Jardim Secreto

Conheci países, planetas e nuvens e deixei um pouco de mim em cada chão. Ganhei flores para os cabelos, mas as vi morrer sem alimento. Fui tão intensa, tão grandiosa, que exalava pelos poros para além de 1m65cm. Do que adianta potência sem controle? Alguém perguntou. De que adiantam flores sem a chuva e sem o sol? Não soube responder.

Divaguei por lugares estranhos. Desenhei o mapa, não usei bússolas. E me queimei no sol. Comprei o último bilhete. A última viagem. Nunca esqueci seu telefone. Bati na porta, mas não fui recebida. Sereno em noite de luar. Não é comum? Pedi abrigo, mas a cama estava cheia e não tinha espaço no porão. Se era uma noite de sol, porque senti tanto frio?

Não podia voltar. Os grãos de pipoca que marcavam o caminho derreteram com a água do meu choro e com o sangue da minha alma. Segui em frente e tinha flores por perto. Não eram elas que queria, mas fiquei observando como a natureza as faz crescer e embelezarem nosso caminho de forma tão natural. A natureza não dá saltos. É o nosso relógio que sempre marca a hora errada.

Não tinha lar para retornar. Mas tenho jardim, só porque decidi aprender a cuidar das flores. E no meu Jardim Secreto não há porta de entrada, nem sinalização, nem informações científicas sobre as flores. Aqui não há ciência. Há só uma menina que aprendeu a chorar sozinha, no meio da noite, e a guardar segredos. Não espere o convite para o piquenique. Lá, entre as sementes, o que floresce é a alma dela, que flutua por tudo que há vida. E nada menos.

Lá, é aquilo que chamam de lar. O esconderijo das fantasias e dos sonhos. Das esperanças, da poesia e da música. A ternura enfeita o céu de cor de rosa, a água é lilás e tudo tem sabor de marshmellow. E nem adianta buzinar, bater na porta ou escalar o muro. Coloquei a cama em frente a janela, abri as cortinas e joguei a chave fora. Agora tudo vai ficar bem!


23 comentários:

Rafael Velasquez disse...

tou muito puto com política!! Temos que fazer alguma coisa!!!

Alexandre Gil disse...

belo, verdadeiro texto.
além do nosso jardim pessoal, uma amizade madura e verdadeira, vale ouro nos dias de hoje, onde o ser humano aprendeu a pisar nos outros para sobreviver.
Quem tem verdadeiros amigos, que lhe aceitao como és, tem TUDO!
encantado pelo texto, me tocou.
Bjo e t cuida

Diego disse...

O lugar da sua felicidade, é para lá que você deve ir.

Camilinha disse...

Achei um tiquinho triste... essa coisa de perder pelo caminho, de ser intensa sem saber as resposta... sei não, mas não era pra ser assim?


beijos daqui...

roberta disse...

o meu coração dói com alguns textos seus, esse ferz isso!
eu amo vc, beijos

Luiz disse...

Agora está tudo bem. A alma dela tomou conta de toda a casa... beijo

ando ausente por total falta de tempo, hoje, com essa chuva que nao pára consegui passear por aqui. beijo

Nathália disse...

Em um lugar desses não tem como não ficar bem. :D

Beijo!

.Ná. disse...

Essa intensidade não nos deixa ver a resposta... e assim, como João e Maria, nos perdemos pelo caminho...
Beijos

Jana disse...

e não importa o que, sempre vai ter algo que nos salva.

beijos

Di disse...

Lembrei de uma frase: "O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você." do Mário Quintana

Mas se você jogou a chave fora... ninguém entra mais no jardim secreto?

Ciça. disse...

Sempre temos um refúgio onde nos sentimos bem. Né?


:*

Lid =) disse...

Que lindo...
Amei esse canteirinho aqui..
Você é dona das palavras, pode estar certa..

Um beijo com cheirinho de flores amarelas...

HOMEM (IN) COMUM disse...

Concordo com a Jana comentando que sempre haverá algo que nos salva... E no nosso caso só um disco voador seria capaz de tal missão.

Maria disse...

Ahhh...Também quero um jardim secreto e minha cama diante da janela...que lindo texto !!!

Nathália disse...

Ó, fiz o selo lá do blog. :D

Di disse...

O vídeo não funciona... :(

:o***

Tay Highway disse...

Belo texto!
Bjos

AnaLua disse...

Amei, amei, amei! Que texto mais lindo que me tocou profundamente hoje... E me inspirou pra também falar do meu jardim secreto.
Beijo!

Janaina Staciarini disse...

Seja feliz, linda!
Amei o texto.

Cineasta 81 disse...

:D

Moni disse...

se perder é bom, porque quando encontramos de novo o caminho é muito gostoso...

:)

o antiambiente disse...

hh... moça, abraço para ti.

isasinha disse...

ue já me surpreendi com vc e a qualidade dos seus textos antes... parabéns, de coração!

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails