28 de dezembro de 2009

Sobre 2009

Só existem dois tipos de mudança: a que acontece
e a que fazemos acontecer





As roupas de meses atrás não cabem mais, os amigos não são mais os mesmos, falta um Pai lendo jornal no sofá da sala e eu já tenho minha casa própria. O coração não sofre mais das saudades do passado. Não há ex-namorado, nem encontros de domingos com amigas. E também se foram a dor, a melancolia, os telefonemas demorados e o mails carinhosos. 
A cor da parede da sala mudou novamente, a disposição dos móveis também. Está bem melhor assim. E nos cabelos...quanta diferença. Sobram uns kilos a mais, falta espaço para carência, que foi passear em outros corações. O emprego está longe, mas o "o que fazer da vida" está bem perto. 
Tem uns novos aromas ainda sendo preparados, com muita calma, para não causar estranheza. Não há porque correr se meu destino é construído no tempo das minhas aspirações. 
O afeto aprendeu a se doar apenas para quem merece e o NÃO tomou seu lugar de direito. O melhor do meu mundo sou eu. Os pés não dançam mais as mesmos passos. 
Ainda não há agenda nova, roupas novas, grandes certezas ou decisões. Há apenas a calmaria depois da tempestade. PAZ. 2009 deixa para trás aquilo que não me acrescenta mais. A tal da limpeza que muitos sonham, para mim aconteceu forçadamente e agora o ESSENCIAL toma seu lugar. 
Desapego-me com a certeza de que a minha parte do trato foi cumprida até o fim. O medo não me apavora. As conquistas não criam euforia, nem as dúvidas tristeza. Caminho só ou acompanhada, mas pelo caminho que quero. Mereço uma festa? Nem tanto. A minha paz vem acompanha de águas de tranquilidade.
Sem pressa e com muita firmeza. Resiliência e solitude foram incorporadas à minha pele. A ansiedade se transforma em obras. E o segredo tornou-se um grande amigo. Os deleites se encontram em mim e não precisam da propaganda para se concretizarem. 
Este ano sei vai levando todas as minhas lágrimas, todas as minhas certezas vazias, todas as minhas mágoas. Mas me deixa aqui. Me deixa em mim e era apenas isso que eu precisava. E é só isso que eu quero. 


E desfrutar da descoberta!

12 comentários:

Thera Fajyn disse...

Eu não consigo ainda fazer essa análise. É legal ter consciência do que vai mudando, do que vamos aprendendo, não fique triste por isso!

Que os '10 sejam excelentes para vc!

Lis. disse...

"A meditação é uma maneira de ir para dentro de si mesmo, de perceber que você não é o corpo e você não é a mente. É um modo de fixar em nós mesmos, no mais profundo centro do nosso ser; e uma vez que você encontrou o seu centro, você terá encontrado tanto suas raízes quanto suas asas."

Osho.


FELIZ ANO NOVO.

julio de castro disse...

e que venha o novo.

grande abraço.

Paula § Danna disse...

Fiko encantada com o dom que tem pra usar palavras.. mas me encanta mais ainda o dom da vida que há em você... Que esse novo ano seja de descobertas e aventuras inspiradoras.

Felicidades..

Bjusss

Janaina disse...

Adorei sua retrospectiva.
Parabéns pela análise maravilhosa e pelo ano de crescimento. Que venha 2010!

Sandra Rossi disse...

A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que no novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma benção de Deus.

Feliz Ano Novo para vc e seus familiares!

Jana disse...

Guria, eu ando ausente, da net, da blogsfera, msn, tudo... A vida corre e a gente não pode bobear, mas não podia deixar de vir te desejar que 2010 seja um ano mais do que especial!

Feliz 2010!

Beijos

Dani disse...

Lindo hein?
Espero tudo de melhor para todos!!!
Correr atrás...e não lamentar no final...
beijos

Faxina

Alexandre Gil disse...

do ano de 2009 reflexao e amadurecimento, mudanças necessarias!

e q...

venha 2010 e que seja abençoado pra ti!!!

*Ná* disse...

Lendo isso, a gente fica só pensando no tempo... aquele que demora pra chegar. Mesmo sendo forçada, você parece ter se encontrado. Qual é o preço que se paga por essa paz? Qual a solução para os 'problemas'? É um tanto complicado desejar essa paz sem pagar o alto preço... Mas, enfim, parece que você caminha para a felicidade, a cada dia, por merecimento e aceitação.
Eu tô um pouco que saindo dos trilhos neste comentário, talvez nem seja uma análise do que você escreveu... vai ver é a época do ano... rsrsrs
Beijos

Sheila disse...

Adorei o seu texto.
Quase chorei e me vi em muitas das coisas que escreveu.
Parabéns.
Amo ler seu blog, sempre me enche de inspiração.

bjos

Felicidade Clandestina. disse...

amei a colocação das tuas palavras!

*-*

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails