25 de julho de 2008

Mulher Zinha

Já sujei a roupa por causa de menstruação, e já chorei na frente de muita gente por causa de paixonites. Disse NÃO por puro orgulho, e SIM por carência. Tive amigas falsas, e já cantei quando devia gemer. Já agradeci aos céus por decepções amorosas porque sabia que ia emagrecer. Tive queimaduras por causa de escova progressiva, mas voltei a fazer. Disse que odiava quem amava e sempre me imagino encalhada e caquética aos 35 anos. Quero ser mãe, mas acho que não quero engravidar.

Nunca tive dúvidas sobre profissão, e se voltasse no tempo faria a mesma faculdade. Já disse que Deus não existia. Já tive provas de que Ele existia. Já me achei menor do que muita gente, já me achei mais especial do que outras também. Demorei algum tempo para perceber que diferenças apenas acrescentam. Sinto a energia das pessoas e é isso que determina se meu coração conseguirá amá-las ou não. Amo muita gente com quem tenho pouco contato. E não tenho carinho algum por algumas com quem convivo quase todos os dias. Passei quase todo o ano de 2006 chorando, mas saí linda, bela e sorridente em todas as fotos.

Reclamo, reclamo, mas sei que não sou vítima de nada. A reclamação é só birra de menina mimada. Passa em minutos. Gosto menos de mim cada vez que jogo lixo na rua ou deixo a raiva e o medo me dominarem. Todos os dias tento controlar meus instintos e adoro quando consigo. Não acredito que não precisamos de ninguém para ser feliz. Nascemos para viver em sociedade e são estas relações que nos moldam. Descobri que não era qualquer coisa um mês antes de completar 18 anos. E não há um dia sequer que não agradeça ao universo por viver.

Choro sozinha no quarto. Sinto saudades ouvindo música. Aprendo a gostar de músicas por carinho à algumas pessoas. Comi meleca quando era criança. Fiquei com todos os meninos da rua quando era criança. Chupei chupeta e mamei mamadeira até os 12 anos. Tenho cólicas terríveis todo mês, mas já fui dançar a noite inteira numa boate mesmo assim. Esqueço da TPM quando estou me divertindo.

Já tive um grande amor. Quero ter vários outros, mesmo que sejam sempre os mesmos. Acredito nos meus sonhos, mas tenho sonhos simples. Se ganhasse na mega-sena ia construir uma vila enorme e colocar todas as minhas tias e primos morando lá. Quero morar sozinha, mas não gosto de dirigir. Quero casar na praia e ser entrevistada pelo Jô. Divido um segredo de família com a minha mãe. Não ligo muito para animais, mas não maltrato.

Gosto de gente, de sentir, de viver com pessoas, de acrescentar e ser acrescentada por elas. Já tive uns 6 diários que nunca passaram da vigésima página. Já "amei" mais de três carinhas em menos de 6 meses. Já achei que não podia viver sem uma pessoa, mas até hoje desejo aprender a viver com ela. Observo pessoas para me servirem como exemplo daquilo que quero e do que não quero. Não tenho todas as respostas, e sei que no dia que tiver estarei morta. Não tenho medo da morte. Acho lindo gente que sabe viver. Acho mais lindo ainda gente que morre com dignidade.

Tem músicas que AMO e não conto para ninguém por puro ciúme. Já roubei beijos. Já chamei para dançar. Já me entreguei sem raciocinar, já fui sacaneada. Já peguei carona com estranhos. Não fico com caras comprometidos. Já corri muitos riscos, mas não tive medo. Já fiz testes de gravidez, já tomei pílula do dia seguinte. Já achei barata e camisinha usada em quarto de motel. Não consigo guardar raiva de nada nem de ninguém. Qualquer prazer me diverte. Qualquer sorriso barato me desmonta. Qualquer pedido de desculpas me leva de volta. Sinto saudades do Diego até hoje.

Cafuné me dá sono. Amo. Sinto cócegas nos pés. Só me banho na água quente. Adoro me despentear. Ando dentro de casa sempre largada. Amo sambar. Preciso ouvir Chico Buarque todos os dias (Dependência crônica). Sempre leio a última página do livro, do jornal e da revista antes de começar a ler de verdade. Acho que Hulk é um filme filosófico (E posso provar isso). Gosto de homens feios (É fato). Já briguei horrores com meus pais, já quebrei os brinquedos dos meus sobrinhos por pura raiva. Faxino meu orkut, mail, MSN, e media player de tempos em tempos. Acredito em reencarnação.

Acho que honestidade é obrigação e não virtude. Não gosto de ser má porque me sinto culpada depois. Tenho um sexto sentido e uma intuição de dar medo em muita gente. Desde o colégio escrevo cartas de amor para minhas amigas darem aos namorados. Eu daria para o Chico Buarque. Eu acho o Chico Dias um cara mega sexy. Quero "parir" um Francisco. Já chorei tanto em cinema ao ponto das minhas companhias sentirem vergonha (rs...). Paguei muitos micos. Julguei, fui julgada, já mandei ir tomar no OLHO DO CÚ e não me arrependo. Tenho umas fantasias sexuais mega putanas. Conheço meu corpo extremamente bem. Meu grande sonho é ser figurante em novela mexicana e de preferência morar no México para sempre. Sou latina de alma, Europa nunca me chamou atenção. Na próxima encarnação nascerei negra de verdade.

Adoro meditar, já atingi o nirvana algumas vezes e garanto que é melhor que qualquer maconha. Já fumei maconha também, e tive porres estratosféricos. Passei semanas sonhando em espanhol quando voltei da Argentina. Já tive mail íntimo meu espalhado por toda faculdade por uma menina que era louca pelo meu namorado. Já fui muito mal falada. E nunca discuti com ninguém por isso. Toda vez que me estressava demais cortava o cabelo. Já deixei de ter uma suposta ótima noite porque estava com uma lingerie terrível. Já me preparei toda e nada aconteceu.

Já amei demais. Já fui amada demais. Minha relíquia são meus amigos. Não dependo de laços de sangue para amar. Não acredito em gente 100% legal, nem 100% nada. Fico amiga de quase todos os caras com que já fiquei. Sorrio para mim mesma quando me olho no espelho. I touch myself. Tenho uma gargalhada retardada. Me amar foi uma das minhas grandes conquistas. Sou meio Joselita. Gosto de selvageria e força, quem gosta de delicadeza é Sandy. Tomava banho com as minhas amigas quando era adolescente, só andava de calcinha dentro de casa. E até hoje adoro dormir sem roupa. Falo mais que locutor esportivo (É sério).

Amo chocolate, mas detesto hidratar o cabelo em casa. Acho que depilação é a dor da morte, mas o resultado compensa. Acho "Eu te amo" a coisa mais preciosa para se dizer para alguém. E acho o fim da picada mulher que dorme com qualquer cara e depois reclama quando é desvalorizada. Tento, todos os dias, não fazer com outros (Nem comigo mesma) o que não quero que façam comigo. Se vai dar certo? Não sei. Mas a minha parte no contrato de viver eu cumpro.

36 comentários:

Nathália disse...

Eu já desconfiava, mas agora confirmei que você é uma das pessoas mais especiais que eu conheço.

Me identifiquei com muita coisa que você escreveu.
A Europa me chama atenção, mas tenho tara pela sensualidade latina.
Meu sonho é falar espanhol fluentemente. É absurdamente charmoso.

Beijo!

Mariano disse...

"Acho que honestidade é obrigação e não virtude."

Esta é a mais pura verdade!

E No México só iria pra fechar com o bonde do Comandante Marcos...
Acho q passou o tempo!

Iria lá por shots de tequila em Chirruana!

dZ disse...

nem tenho o que comentar.

gosto de seus posts auto definições semi biográficos.

:)

dZ disse...

PS: eu fui limpo do msn :P

Di disse...

Ai, a única coisa que invejo nos homens é eles não passaremm por esses problemas mensais.

Ai, qualquer dia escrevo um post grande assim tb.

Seu post só me fez te admirar mais, viu?

beijo!

Alexandre Gil disse...

hehehe, tu se enquadra perfeitamente com 99% das meninas que moram no meu bairro. Altamente intelectual, despachada, milindrada e ferida pela vida, mas........cheia de DEUS. A origem da palavra "Entusiasmo" quem vem do grego eto asmo = cheia de DEUS. Uma pessoa de espiritualidade alta, espirituosa no popular.

Dica: quanto ao desejo de ser mãe. Me permito aqui, a minha autoridade de serviço;....busque um casamento santo, se prepare para isso e + peça um marido de acordo, viva a castidade. Perto da realidade pode parecer loucura, mas acredite, esta é a forma que trás menos problema e facilita a palavrinha mágica que tanto buscamos: FELICIDADE.

A Paz!

ki-colado disse...

Li o seu texto, e uma das partes que mais chamou-me atenção, foi quando mencionaste que aprendeu a se amar...

Só é possivel para qualquer um, se amar, quando passa a ter primeiro contato consigo mesmo...

Conhecer a si próprio faz parte de um longo apredizado, e é o único caminho para ser feliz...

Fico feliz, pelo fato de estar se encontrando, lembrando-te, de que a estrada da vida, é longa, e que no final um livro se fecha...

Então, desejo que o seu livro seja uma linda história a ser escrita, pois enquanto houver vida, haverá história a ser vivida...

E que sempre haja em sua vida, um mundo inteiro de realizações, harmonia, vida, e paz...

À ti e a todos os seus!!!

Kristal disse...

Você é das minhas, experimenta antes de dizer que não gosta !

vinicius disse...

Lindo demais seu cantinho..rsrs gostei demais! venha até o DIARIO tbm e esperamos q vc goste ta bom!... Olha só agora eu quero pedir pra vc uma força um tanto romantica...la no PALACIO REAL...esta tendo uma votaçao pr principe e princesa e eu queria muito ganhar junto com a minha namorada Nizi...por isso peço pr vc essa força...corre lá por favor e vote assim...NIZI PRINCESA E VINI PRINCIPE...AMBOS DIARIO DE UMA PAIXAO...por favor vote na gente???..rsrs caso vc possa vai ai o endereço!... http://kukula.sites.uol.com.br/salaocultural.html É ISSO SE VC PUDER NOS AJUDAR!!..MAIS OLHA O CONCURSO TERMINA DIA 27 HOJE!!...CORRE POR FAVOR ...RSRSR UM BEIJO GRANDE!..ÓTIMO FDS! Viini & Nizi

Jana disse...

Eu já fiz muito das coisas ai, e penso igual em outras tantas, sabe no fundo são essas experiências que nos tornam o que somos...

beijos

Saldanha disse...

Fiquei impressionado com a descrição dos detalhes, você têm um grande talento para escrever e preender a atenção de que lê, parabéns.

Respeito seu ponto de vista e sua experiência de vida e talvez pudesse propor um modo um pouco diferente de ver a vida (não melhor, nem pior, apenas diferente)....

Se a vida é mistério, amor, loucura, experiência, intensidade, razão, emoção, prazer, decepção, alegria, tristeza e todos os sentimentos imagináveis e inimagináveis, não seria provável deduzir que ela é única e intransferível (uma dádiva).

Por ser única temos em nossas mãos a possibilidade de fazer a diferença e ser feliz, fazendo também outros felizes, pois a felicidade não é egoista, pelo contrário é caridade pura.

Acredito em uma só vida, onde não nos cabe entendermos tudo, mas sermos tudo que pudermos, mesmo com nossas limitações e problemas, pois ser é fundamental para viver bem.

Aliás, desculpe me estender no comentário mas tem uma frase que me norteia e que contribui muito para mim: "Somente pode ser feliz que sabe ser agradecido". Martin Valverde.

Paz e bem,

Suzi disse...

Nossa... confesso que não pude ler tudo. Estou passando pra deixar beijinhos, já que andei sumida. Mas como continuo na correria, porque faltam dois dias para voltar ao trabalho, não pude ler o texto inteiro. Volto logo!
;o)

Beijos!

(o título está "ótemo"!!)

Di disse...

Nem sei definir como as coisas estão, mas como sempre tô esperançosa. :)
Boa semana!

Di disse...

Tava pensando nessa música aqui quando escrevi o post.

Ciça. disse...

Adorei o texto. Poderia ter escrito muitas coisas ai. Também me imagino encalhada e caquética aos 35. Sou louca por grávidas, acho que não tem coisa mais bonita.


:*

Mila disse...

Bom..admito que li tudinho..=D
to sumida..mas quando apareço faço questão de ler..e comentar..
cara..eu tb chupei chupeta até 12 anos hahah e troquei por uma bicicleta que nunk andei hahaa
ai ai quem naum sente saudade de tudo o que passou e fica pensando o que será que vou fazer amanha..só pra sentir saudade depois de amanha =D

bjbjbj linda

Janaina Staciarini disse...

Sou eu essa daí?
:)

Cadinho RoCo disse...

Belo fôlego. O importante é viver e conviver da melhor maneira possível com todas as nossas experiências.
Cadinho RoCo

Luca disse...

O que é mais guerreiro ser macho o suficiente para admitir que é mulher zinha!

ADOREI!

Eu nunca amei mais de três caras, em menos de seis meses, mas já descobri q sou normal por me apaixonar tanto. Estou sem culpa!!!!
Hahaha

Bjooooooooooooo

Luca disse...

Ahhhhh...

E...olá, colega jornalista! :D

Rafael Velasquez disse...

Comeu meleca???

tirando a meleca tudo que fez e aconteceu é legal, coisas que na certa dá para contar para os netinhos.

beijos.

Gabrieli Martins disse...

Forte seu post, gostei. A sinceridade dele é admirável. Voltarei mais vezes nesse porto.

Beijo!

Luciana Andrade disse...

Aprender a se amar é sem dúvida a mais fantástica das conquistas. Muito sincero seu texto.
Com tantas definições fiquei pensando que o mais interessante do ser humano é justamente esse mar de opções.

Bjs querida

Bianca Pyl disse...

Oi Mulher querida!

Adriana Enne disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adriana Enne disse...

Nós mulheres somos todas muito parecidas e me identifiquei em vários trechos. Mas diferente de vc, não queria ser mãe e me vi grávida aos 24. Hoje, sou mãe de uma linda menina, já com 8 anos. Convivendo por sete anos com o pai dela, um cara de imenso caráter, aprendi que não vale a pena nos "apaixonarmos" por qualquer um, com tanta facilidade.

Acredito que é melhor ficar a maior parte do tempo sozinha, para que no dia em que aparecer um ser humano que realmente "valha a pena", você possa estar livre para ele.

Muitas vezes perdemos nosso tempo e energia com pessoas "pobres" de alma e coração.

Nós mulheres precisamos aprender a viver melhor sozinhas, e não nos sujeitarmos a qualquer um, por pura carência.

Dançar uma noite inteira com uma amiga vale muito mais do que beijar por beijar um "bonitinho" qualquer, mas vazio de mente e alma.

Não acha?

Ah..e valeu pela dica do curso da UFRJ.
meu email é adrianaenne@YAHOO.COM.BR

O Equilibrador de Pratos disse...

Excelente blog. Virarei assíduo aqui. Acho que pode rolar uma interação legal entre nossos blogs. Confere lá também e me procura (Jurandir).

- O Equilibrador de Pratos -

O que os homens pensam?
Relacionamentos. Teorias. Discussões. Comentários. Mulheres. Sexo. E pratos equilibrados em varinhas. WHY so SERIOUS?

3 amigos (B. Sacamano, Hannibal e Jurandir, pseudônimos, claro) que resolveram fazer um blog tratando de assuntos que abordam o "Universo Homem + Mulher = Relacionamentos". Retrata todos assuntos citados acima, com textos bem escritos, humorados, ácidos, sarcásticos, irônicos e, sinceros ao extremo. Vale dar uma conferida. E que atire a primeira pedra quem não se identificar com algo.

Blog: www.oequilibradordepratos.blogspot.com

PS: por que o nome "O Equilibrador de Pratos"? Entre no blog e descubra. Será um "soco no rim". No bom sentido, é claro.

João disse...

A pessoa mais difícil de se amar e se entender no mundo é você mesmo, eu acho...Eu mesmo ando topando comigo desde pequeno e não me entendo, não vou com a minha cara e tenho vontade, de vez em quando, de dar um perdido em mim mesmo pra nunca mais me encontrar...

Mas eu espero um dia conseguir, não me entender ou definir, mas só me tolerar melhor...

E inegavelmente o "quem gosta de delicadeza é Sandy" me fez rir :p

Luiz disse...

Uau Jaque ! Não tem como não admirar uma mulher assim !!!

Ando com pouquissimo tempo par visitar tantos amigos, por isso não tenho estado tanto aqui quanto desejo. beijo

tocaaquela disse...

Náufrago à vista.
Primeira visita por aqui e logo quando resolveu mandar uma mini auto-biografia.. rsrs
Lindo texto, mesmo sendo homem e não conhecendo à fundo o universo feminino (e quem conhece) concordo com muitos de seus posicionamentos.
Ficaria feliz se todos pensassem como você quando fala de honestidade.
Com exceção do gosto musical, belo blog, voltarei com certeza.
Forte abraço
Ulisses =]

Agostinho Lopes disse...

Resumindo: És gente! Gente é assim....

Rodrigo disse...

Mulheraça...

Zinha não combina...

Rennot disse...

bom seu curriculun vitae.

Sunflower disse...

é assimzinho mesmo, né?

minicontosperversos disse...

bem bela, só torcemos para que aquele "jogo lixo na rua" seja força de expressão ou linguagem figurada, né?

sobre seu post, é seu testamento. tudo de vc está ali.

assim fica bom né? bjs!

Su disse...

Caramba, me descreveu!!
rs... mas o ano que chorei, foi 2004!!
BEijoos

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails

Siga esta onda

Related Posts with Thumbnails